Tão certa

Imagem

Às vezes eu não queria ser assim, tão certa. Às vezes, queria não importar-me com os horários a cumprir ou com a posição do livro na cabeceira da minha cama (Dona Regina sempre o muda de lugar quando vem aqui em casa fazer faxina, e essa falta de métrica consome-me por inteiro). Queria não importar-me com verbos conjugados, com próclises, mesóclises e ênclises. Queria não importar-me com o futuro do pretérito. Muito menos com o meu.

Adoraria deixar de ser esse vulcão confuso e questionador, capaz de interrogar o último ser do planeta em busca do que eu preciso. Queria ser brisa fria de inverno disposta a nunca mais sair da cama quando bem entendesse, jogar os pés sobre uma almofada e observar a vida passar devagar.

Queria ser de festas, danças despojadas e saltos plataforma. Mas quem disse que consigo? Queria ter coragem de abandonar as verdades absolutas que cercam-me da mesma maneira que largo o cinema do sábado à noite. Não queria ter a mesma paciência dos monges do Tibete enquanto enfrento um trânsito infernal. Queria ter o poder de xingar em alto e bom som o motoqueiro que ultrapassa-me pela esquerda.

Escrever parágrafos com apenas uma linha, não preocupar-me com as rimas do poema, elaborar títulos clichês está totalmente fora de cogitação. Mas, para falar a verdade, não desejo ser toda e completamente desleixada. Quero ser um meio-termo regado a algumas roupas esquecidas no varal em dias de chuva, em copos sobre a mesa esperando horas para serem lavados, em filmes de ação assistidos com a companhia do meu próprio ser e palavras jogadas ao vento. Gostaria de não preocupar-me com os erros de ontem ou com a conta que esqueci de pagar ano passado. Gostaria de desmarcar os compromissos sérios do fim de semana e ir ao parque correr até o mundo girar ao meu redor.

Sabe-se lá Deus o por quê de eu ter herdado o cromossomo perfeccionista da minha mãe. Fazer o quê se isso faz parte do meu jeito todo politicamente correto de ser?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s